Buscar
  • Ana Costa

Tanatopedia - Meu primeiro livro




Escrever é algo que eu faço muito. Há muito tempo. Tive um sem-número de blogs, cadernos espalhados pela mesa, tenho uma newsletter. Por muito tempo, escrever sempre teve a ver com uma forma verdadeira de me expressar para os outros, mas também de me entender, de colocar as coisas no lugar, de pingar os is.


Agora, escrever tem mais a ver com os psicologismos. Eu escrevo academicamente no mestrado e a dissertação, logo ali, me encara pós-revisão com um olhar inquisidor de “o que você pretende fazer comigo depois disso?” – e eu nem sei o que responder.


Mas, a partir dela, acabou nascendo uma nova criatura. Meu primeiro livro.


Na dissertação, encontrei palavras que até então me eram estranhas, um mundo novo se apresentou diante meus olhos. Por isso, montei um pequeno dicionário para iluminar meu caminho. E assim eu juntei bem mais de cem palavras definidas, todas relacionadas à morte.


Nunca imaginei que, tendo passado a vida toda escrevivendo, como cunhou Evaristo, meu primeiro livro seria algo nessa linha de enciclopédias, de glossários, de dicionários. Mas as coisas dificilmente acontecem como a gente imagina. E esse é o legal de estar vivo.


Meu primeiro livro é, sim, uma enciclopédia. Ilustrada. Surge falando de um tema que não encontrei sistematizado, seja na ficção ou na não ficção. E não é que essa ideia me arranca um sorrisinho dos lábios?


No Dia de Finados, 2 de novembro, o financiamento coletivo do meu livro “Tanatopedia - 101 verbetes sobre a morte” será lançado no Catarse. Você pode cadastrar o seu email para ser avisado no dia do lançamento aqui: catarse.me/tanatopedia.


Tanatopedia foi ilustrado pela artista Caroline Murta, fato que marca a realização de outro sonho. Falar com naturalidade sobre a morte, contando com o talento de outras mulheres que também refletem a importância de pensar a finitude.





Ah, e toda a equipe que trabalha nesse sonho comigo é formada por mulheres. Tem sido uma jornada incrível! E, se você puder compartilhar a palavra com quem puder gostar desse trabalho, será de grande ajuda.


*Estou por aqui também: Instagram, Twitter, Catarse e aqui você pode assinar a minha newsletter.




13 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo