Buscar
  • Ana Costa

Como a sociedade brasileira lida com a morte?



Estava me dedicando a pensar um pouco sobre como a sociedade brasileira tem se relacionado com a morte. Temos visto gradualmente uma espécie de empobrecimento ritual em nossa cultura, com velórios tendo poucos rituais se apresentando, além dos velórios acontecerem de uma forma muito rápida. Antigamente era comum velar-se os mortos por pelo menos uma noite, e nessas rodas de velórios as conversas giravam em torno da memória do falecido, bebidas e comidas... hoje em dia tudo acontece muito rápido. Hoje, se a família conseguir o atestado de óbito e liberação do corpo, é possível enterrar uma pessoa no mesmo dia de sua morte.


Outro aspecto que eu gostaria de levantar é o estado de abandono dos nossos cemitérios públicos. É um reflexo, um sintoma do tabu da morte. Se nos sentimos desconfortáveis com a ideia da morte, porque isso nos lembra da nossa própria mortalidade, a nossa tendência é produzir uma relação de abandono de tudo o que existe em torno da morte.


Mas não nos esqueçamos que a maneira como lidamos com os nossos mortos diz muito sobre a maneira com que lidamos com os nossos vivos.



23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo