ENTREVISTA COM BRAD DUKES, AUTOR DE TWIN PEAKS, ARQUIVOS E MEMÓRIAS #VISITETWINPEAKS

06:42






Eu vou ver você de novo em 25 anos, 11 meses e 11 dias.

Oito de abril de 1990, um dia comum que mudaria para sempre a tv mundial. E nos tornaríamos eternamente gratos a Mark Frost e David Lynch. Um bebê tronco, personagens repletos de toc e estranhos espíritos da floresta nos ajudariam a emoldurar uma estranha história de amor entre pai e filha. Cada um observava e compreendia Twin Peaks ao seu modo. Agora podemos voltar ao lugar onde tudo começou, ainda que existam dúvidas sobre o que de fato aconteceu.


Twin Peaks [Arquivos e Memórias] é o primeiro título da Coleção Fora de Série que vai revelar os bastidores das séries de tv que amamos. A obra chega às livrarias este mês e reúne depoimentos dos co-criadores, dos atores e de membros da equipe, além de fotos inéditas da produção e curiosidades incríveis. Bem a tempo para revermos as duas primeiras temporadas e mergulharmos no universo da série que retorna às telas em maio.



Brad Dukes, como muitos de nós, é fã ardoroso de Twin Peaks e tinha um blog onde publicava matérias relacionadas a série, e com muito trabalho e um empurrãozinho das redes sociais conseguiu reunir material inédito e entrevistas mais que suficientes para encher esse livro lindo publicado pela DarkSide Books.

É com muita honra que tive a oportunidade de entrevistar Brad Dukes, com a colaboração de Tammy Moraes (a qual apresentei e viciei na série anos atrás), e descobri um pouco mais sobre o processo de composição do livro e o que ele espera do retorno da série. Vamos à entrevista?

ENTREVISTA COM BRAD DUKES


Como você, que inicialmente era apenas um fã da série, conseguiu ter acesso a tanta informação privilegiada sobre ela?
Em 2011, eu tuitava para Mark Frost e ele sempre respondia. Eu tinha um blog sobre Twin Peaks na época e ele apoiava muito. Eu acredito que ele apreciou o que eu estava fazendo e ficou feliz em ajudar uma vez que eu tive a idéia de fazer um livro. O livro provavelmente não teria acontecido sem seu apoio, por isso estou eternamente grato a ele.

Qual foi o seu primeiro “furo” e como ele aconteceu?
Harley Peyton (roteirista) me contou que Steven Spielberg queria dirigir o primeiro episódio da Season 2. Essa história espalhou como um incêndio e foi até publicada pela NME (clique aqui para ler a matéria). Isso foi muito legal!

Você acredita que o período em que vivemos (de streaming, melhor acesso à internet e retorno de séries antigas) contribuiu para o retorno de Twin Peaks?
Eu acho que é uma mistura de coisas. Primeiro e acima de tudo, o episódio final deixou o público com uma pergunta maravilhosa para responder. Netflix também desempenhou um papel importante no retorno, não só trazendo novos espectadores, mas lembrando os telespectadores antigos quão bom o show foi. Felizmente, David Lynch e Mark Frost estavam ouvindo.

Como você acha que a série vai funcionar nos tempos atuais (mais simbolismos, começo, meio e fim mais definidos?).
Eu não tenho a menor ideia do que esperar. Eu não acho que a terceira temporada percorrerá de novo o que já foi mostrado antes. Tudo o que eu quero é uma grande história com algumas surpresas!

Por que você acha que a série funcionou naquela época, mesmo com tantas peculiaridades?
Twin Peaks foi definitivamente um risco calculado em 1990. Ela fez muito sucesso naquela primeira temporada porque as pessoas estavam prontas para algo diferente. A história e os personagens tinham algo de mágico. A segunda temporada foi uma história diferente, mas foi especial em seu próprio jeito. Para nossa sorte, essa história vai continuar!

Você tem alguma teoria ou interpretação particular sobre a simbologia da série?
Twin Peaks está aberta à interpretação, que é a beleza dela. Eu interpreto o show como uma jornada espiritual. Algumas pessoas dizem Bob é "o mal que os homens fazem", mas eu digo que ele é um espírito real, causando estragos e incorporando as pessoas na cidade. Muitas pessoas discordaram comigo ao longo do tempo, e quem pode dizer quem está certo?

Em que momento você achou que o livro estava realmente concluído? Existe alguma coisa que você sentiu que deveria ter nele e não conseguiu, por exemplo?
Eu trabalhei no livro, e depois de três anos, eu senti que tinha entrado em contato com todos que iriam participar. Um livro como este pode facilmente ficar fora de controle sem uma boa edição, e eu tive muitos amigos e familiares me dando seu feedback no final. Eu tive a sensação de que estava pronto. David Lynch e Peggy Lipton concordaram em falar comigo, mas as coisas não deram certo, então eu sempre desejei poder ter feito essas conversas acontecerem.


ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO LIVRO:
Título | Twin Peaks [Arquivos e Memórias]
Autor | Brad Dukes
Tradutor | Carlos Primati
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 320 páginas, Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 16 x 23 cm
ISBN | 978-85-66636-54-3
Adicione | Skoob
Compre o livro: http://amzn.to/2mban4O


Agradeço imensamente à DarkSide Books pela oportunidade de entrevistá-lo e também à Tammy Moraes, minha parceira de séries bizarras e filmes de desgraçamento (alô, Donnie Darko), pela ajuda. ❤ 

O projeto #VisiteTwinPeaks busca desde o ano passado apresentar a série para quem ainda não conhece, e tem muito conteúdo legal! Se você nunca assistiu Twin Peaks, com esses links tenho certeza que vai sentir vontade de ver: 

Pipoca Musical: Por trás das câmeras // 10 motivos pra assistir // Referências em outras séries 
Twin Peaks Brasil: entrevista Brad Dukes 
Cooltural: 5 livros para conhecer melhor a série
SkullGeek: Curiosidades sobre a série
Estante Etérea: O horror cósmico em Twin Peaks
Hoje é Dia: Resenha Twin Peaks // DIY quadro Twin Peaks
Pulp Fiction: Série Twin Peaks 
Christian Assunção: Curiosidades sobre Twin Peaks


SORTEIO (ENCERRADO)

A DarkSide cedeu um livro para sortear entre as pessoas que curtem a série, então preencha o formulário abaixo e boa sorte! 


Você também pode gostar

0 comments

Obrigada por ler o post até o fim! Eu sempre respondo os comentários, então se você gostaria de ver minha resposta, clique no botão "notificar-me"!
<3

Subscribe