Coisas que você provavelmente não sabe sobre Edgar Allan Poe

06:18

Hoje, 19 de janeiro, marca o 207º aniversário do meu escritor preferido, Edgar Allan Poe. Já escrevi sobre ele várias vezes aqui no blog, embora não com tanta frequência quanto gostaria. Apesar de meus últimos dias terem sido bem corridos, não queria deixar esta data em branco, então escrevi esse post com curiosidades sobre a vida, obra e morte dele. 

ELE CRIOU O PRIMEIRO DETETIVE LITERÁRIO DA HISTÓRIA
Poe criou Auguste Dupin como o protagonista de Os Assassinatos da Rua Morgue em 1841. Este conto é considerado como a primeira história de detetives da ficção moderna, e Poe trouxe de volta Dupin por mais duas obras - O Mistério de Marie Roget (1842) e A Carta Roubada (1844). Seu personagem foi a inspiração por trás de personagens célebres como Sherlock Holmes e Hercule Poirot. No entanto,Dupin não era um detetive profissional, mas resolvia mistérios como um hobby.

SUA FAMA FOI CONSTRUÍDA EM TORNO DE SEU TRABALHO COMO CRÍTICO LITERÁRIO
Mesmo tendo terminado seu primeiro livro, Tamerlane, aos 18 anos, apenas 50 cópias foram impressas, mas não distribuídas. Depois de uma breve estadia no exército, ele começou a trabalhar no Richmond’s Southern Literary Messenger, e lia livros para ridicularizar seus autores, passando a ser temido e odiado pelo país. Apesar disso, a circulação da revista aumentou 7 vezes. Escritores como Nathaniel Hawthorne e Charles Dickens, dos poucos que foram elogiados por Poe no início de suas carreiras, cresceram e tornaram-se mestres da literatura, enquanto os autores que Poe criticou geralmente caíram no esquecimento.



O POETA FRANCÊS CHARLES BAUDELAIRE ERA GRANDE FÃ DE SEU TRABALHO
Poe foi o primeiro escritor americano a ser mais famoso na Europa que na própria América. Enquanto nos Estados Unidos seus trabalhos eram ou rejeitados ou vendidos por mixaria, na França, o já famoso poeta Charles Baudelaire reconheceu a inventividade literária de Poe dedicou-se a traduzir seus trabalhos por lá.

DURANTE A MAIOR PARTE DE SUA VIDA, POE NÃO USOU BIGODE
Muito menos o cavanhaque ostentado pelo John Cusack no filme "O Corvo" (2012). Apenas nos anos finais de sua vida é que ele passou a usar o bigode que estamos acostumados a ver, no entanto, existe um daguerreótipo dele um pouco mais jovem, e é possível vê-lo sem bigode - um pouco estranho, de fato. 


ELE PARTICIPOU DOS "ALCOÓLICOS ANÔNIMOS"
Ou o equivalente no século XIX, que se chamava Sons of Temperance e não garantia o anonimato de ninguém. Logo após a morte de sua esposa Virgínia em 1847, devido a tuberculose, Poe começou a beber demais. Ao perceber a extensão de seu vício, juntou-se ao grupo, que fazia promessas públicas para parar de beber. 

ELE DESISTIU DE ESTUDAR NA UNIVERSIDADE DE VIRGÍNIA POR CAUSA DE DÍVIDAS DE JOGO
Em 1826, Poe inscreveu-se para estudar línguas antigas e modernas na Universidade de Virgínia, que havia sido inaugurada apenas 2 anos antes pelo presidente Thomas Jefferson, e tinha regras restritas quanto à bebidas, drogas e jogos. Após apenas um ano estudando com o apoio e dinheiro de seu pai adotivo, John Allan, ele bebeu e apostou toda a grana, saiu do curso e ainda foi ingrato, dizendo que seu pai não o apoiou o suficiente. Mesmo assim, a Universidade possui uma sala com o nome do escritor. 

AS CAUSAS DE SUA MORTE PERMANECEM UM MISTÉRIO ATÉ HOJE
Possíveis causas naturais, como doenças cardíacas, epilepsia, sífilis, raiva e cólera foram citadas - embora nenhum tenha sido provada, assim como decorrência da bebida. De todas as teorias, a mais estranha é a de "cooping". A prática, comum na jovem democracia americana, era a de sequestrar e torturar uma pessoa para que ela votasse (geralmente inúmeras vezes), em um candidato específico. Poe foi encontrado perambulando nas ruas de Baltimore, vestindo roupas que não eram suas, em grande estresse, e delirando, morrendo quatro dias depois, ainda sem recobrar sua consciência, e sem esclarecer os detalhes dias que antecederam sua morte. 

APENAS SETE PESSOAS PARTICIPARAM DE SEU FUNERAL 
Poe morreu no dia 7 de outubro de 1849, e foi enterrado às pressas por seus primos. Algumas fontes indicam que apenas 7 pessoas participaram de seu funeral, e que ele foi enterrado sem sequer uma lápide, aos fundos do cemitério de Westminster Hall, em Baltimore, e lá permaneceu até 1875. No local, existe uma lápide que marca o espaço, que foi comprada com dinheiro de estudantes e professores. Ao ser movido para um local de honra próximo ao portão do cemitério, o caixão quebrou, revelando os seus restos mortais; algumas pessoas pegaram os pedaços quebrados do caixão, que viraram item de colecionador.  Em 2009, 160 anos depois de sua morte, pessoas de todo o mundo compareceram a uma cerimônia funerária apropriada. 




ELE REALMENTE AMAVA GATOS
Apesar de um de seus mais famosos contos retratar um homem que remove o olho de um gato em O Gato Preto (1843), Poe amava animais. Existem relatos de que sua gata, Catterina, sentava em seu ombro enquanto ele escrevia, o que o ajudava a relaxar e concentrar-se. Algumas das muitas lendas em torno dele dizem que Catterina morreu logo após seu próprio tutor. 



Fontes das informações: link 1, link 2, link 3
Veja todos os posts sobre Edgar Allan Poe 

Você também pode gostar

9 comments

  1. Ai que bacana! Eu sabia apenas da morte e do trabalho dele como critico. Poe é também um dos meus autores favoritos e tô gostando demais de reler sua obra no desafio. E olha que bom fazemos aniversário quase no mesmo dia hahahha

    ResponderEliminar
  2. Olá, Anna!
    Conheci seu blog por causa do desafio #12mesesdePoe, e passei a seguir a página pelo Facebook. Das curiosidades que você citou, eu sabia sobre o Auguste Dupin, e sobre ele ter sido inspiração para Conan Doyle e Agatha Christie. Sabia também que ele teve muitos problemas com alcoolismo, mas não imaginava nenhuma das outras coisas! Adorei o post, foi muito legal!
    Decidi entrar também pro desafio, e hoje saiu o meu post anunciando. Adorei a sua iniciativa, e espero que tenha muitos participantes!

    http://loucura-por-leituras.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz de ter trazido coisas menos conhecidas! Obrigada por participar e divulgar o desafio! :)

      Eliminar
  3. Algumas infos eu já sabia dele quando fui em um Sarau e ele é tão genial.
    Amei essa fotografia do gato.
    Confesso que li muito pouco de Edgar, mas o pouco que li me interessei bastante.
    Vou tentar organizar minhas leituras e colocar ele em uma parte do meu dia. ♡

    Bons dias!

    ResponderEliminar
  4. Ótimo post, Anna!
    Sempre bom saber mais sobre artista tão importante que é o Poe.
    Uma coisa que sempre me intrigou sobre a vida dele são as circunstâncias misteriosas de sua morte e as conjecturas sobre ela que vão de coisas bem prováveis (em decorrência do alcoolismo) até a mais bizarra que você citou.
    Sempre bom vir aqui no seu blog e ver Poe, mas essas visitas costumam me fazer querer comentar TODOS os posts, e aí, como faz? Hahaha
    Beijão, lindona!

    ResponderEliminar

Obrigada por ler o post até o fim! Eu sempre respondo os comentários, então se você gostaria de ver minha resposta, clique no botão "notificar-me"!
<3

Subscribe