Meu inventário de roupas

13:56

Quando fiz o post "sobre comprar e não usar" e falei das dificuldades que tenho passado a respeito da minha relação com a moda e o guarda-roupa, a coisa não parou por aí. A reflexão sobre o tema me fez buscar respostas e alternativas, e achei uma boa ideia compartilhar não apenas o resultado, mas também o meu progresso e minhas intenções.

Poucos dias após publicar o post, criei coragem e fui fazer um inventário das minhas roupas, baseada num modelo feito pela Tatiane, do blog Organizando Minha Vida. Saber o que eu tenho e a minha relação com o que eu tenho é o primeiro passo pra tomar decisões mais acertadas no futuro.

O PROCESSO

1) Esvaziei um compartimento por vez: como meu quarto é bem pequeno, eu ficaria sobrecarregada caso tirasse tudo ao mesmo tempo. Como o guarda-roupa estava bem organizado, não tive problemas pra anotar o que saía.

2) Criei subcategorias: em vestidos, por exemplo, anotei as subcategorias social, casual, goth, festa e hippie. Vale o que fizer sentido pra você.

3) Anotei a frequência de uso: ao lado da quantidade de cada item, quando senti necessidade, anotei a frequência de uso entre "uso sempre", "uso raramente", "nunca usei". A quantidade de vestidos que nunca usei me faz vergonha. Também anotei as condições de alguns itens tipo "velhas", "boas", "desgastadas", "apertadas".

4) Depois de anotar, coloquei tudo de volta no guarda-roupa de forma organizada. Não joguei nada fora, não separei nada pra doar. A intenção naquele momento era apenas de saber o que tinha, não de tomar providências.


O RESULTADO


O total de itens foi de 198. Esse número me fez pensar um pouco e obviamente me comparar com alguns outros inventários que vi pela internet. Não achei exagerado, mas também não é básico. Alguns itens chamaram minha atenção pela quantidade, por exemplo:


  • vestidos: tenho 16, e deles 9 nunca usei, 1 que uso muito mas odeio. tenho muitos vestidos de festa sendo que não saio de casa pra lugar nenhum (coerência, oi?);
  • calças jeans: 11. delas 3 estão apertadas e 1 só uso para aula de laboratório na faculdade. só gosto de verdade de 5 delas, mas preciso ter várias porque me locomovo de moto e sujam muito facilmente. no entanto, acho que esse número pode diminuir para 7;
  • manga comprida social: algumas eu não gosto muito da estampa mas uso mesmo assim. outras tem o tecido muito quente. no entanto é um modelo que uso com frequência, só preciso escolher melhor os tecidos e as cores;
  • t-shirts: um exagero. dá pra ir por quase 3 semanas pra faculdade sem repetir.
  • saia curta: tenho 6 e não uso nenhuma, não é que eu não goste, mas é difícil usar saia curta em moto sem parecer vulgar. e a idade também está chegando e não acho mais que combine comigo;
  • calçados: 26 e vários que não uso por serem muito chiques ou incompatíveis com meu meio de transporte atual. já comecei a vender no Enjoei e com a grana, pretendo comprar calçados mais adequados. 


AS CONCLUSÕES

O inventário é uma forma bem bacana de saber exatamente o que se tem e o que se usa no guarda-roupa, além de, para muitas pessoas, ser um tapa na cara. Como estou sempre procurando coisas pra doar, não achei meu número exagerado e procuro não ter muitas coisas que não uso (exceto os vestidos de festa e as saias curtas que estou repensando). Achava que tinha mais calças jeans do que vestidos, mas uso calças diariamente quanto vestidos só em fins de semana, se muito.

Percebi que itens como leggings, t-shirts, vestidos e camisas sociais eu não preciso nem pretendo comprar por muito tempo. Já alguns outros irei investir, como roupas para ficar em casa (que atualmente são as roupas de sair que já não estão mais em condições de serem usadas pra tal fim), um tênis preto (pretendo comprar o Gazelle da Adidas), um cardigan que já foi comprado, e 3 soutiens mais apropriados pra algumas peças de roupas que tenho (bege, sem alça, alça nadador).

Agora quando for sair de casa para comprar roupas pretendo levar uma versão reduzida do inventário e meio que já sair com o que quero comprar na cabeça. Mas isso ainda vai levar um tempo...

Até a próxima!

Você também pode gostar

6 comments

  1. Adorei a ideia do inventário! Eu tinha feito uma planilha uma vez de coisas que gosto mais de usar, para não errar na hora de comprar roupas, mas perdi essa planilha e me desorganizei um pouco, mas gostei do seu inventario vou fazer !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazer a planilha de roupas pra comprar é o próximo passo! Também pretendo publicar aqui! E se fizer o inventário, me fala quantos itens deu. :)

      Eliminar
  2. Tambem fiz um iventario das minhas coisas, e foi mesmo um abre olhos.
    Fiquei a perceber aquilo que gostava de usar e aquilo com o qual nao me sentia bem. A partir dai foi muito mais facil achar peças que gosto e me ficam bem =)

    Continua com o bom trabalho =)

    Sophi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida! Teu comentário me motiva muito!

      Eliminar
  3. Fiz algo semelhante: http://4sphyxi4.blogspot.com.br/2015/04/guarda-roupas-resultados-iniciais.html

    Algo que me chamou atenção foi aquele vestido que você tem, usa muito, mais odeia. A questão de moda também está totalmente relacionada com os inventários e os planejamentos de compra, né? Acho que se a gente não passar mais tempo focada no que precisa atrelado ao que a gente gosta, sempre vai acabar comprado algo que é usável, mas não faz nosso estilo. Me identifiquei bastante com seu blog por isso, porque também estou nesse caminho de construir um guarda roupas que seja totalmente usável, mas que tenha meu estilo também (que é semelhante ao seu).

    Gostei da maneira como você organizou, eu fiquei mais generalista, mas nunca soube mesmo qual era a melhor e fiz da maneira que deu. Aliás, ainda estou pensando. Só destralhei, organizei e anotei por enquanto. Falta "classificar" e fazer as listas de compras. Pretendo chegar naquele número ideal e ficar no entra um - sai um sabe... Vamos ver se consigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jaqueline, oi! :)

      Nossa, me vi no seu post! Não seria nada difícil eu mesma ter escrito ele, tão grandes são as semelhanças entre nós - pelo menos nesse tema específico.
      Desde que fiz este inventário muita coisa já mudou, graças a ele. Já chegou a tal ponto que estou pensando em fazer um novo post atualizando, pois até a forma de organizar as informações mudou (fiz uma planilha muito bacana que posso mandar pra você, por email, se quiser, aí você ajusta conforme sua necessidade).

      Realmente, o vestido que "uso muito, mais odeio", foi um divisor de águas e já me livrei dele. A única compra de roupa que fiz nesse tempo todo foi uma blusa de renda grossa, preta, que vai me servir pra tudo e realmente amei! Fora isso, só tenho ou doado ou trocado por coisas que me atendam melhor.

      A ideia do entra um, sai um é a que estou adotando desde o ano passado e foi uma das melhores coisas que já fiz.

      Beijo grande!

      Eliminar

Obrigada por ler o post até o fim! Eu sempre respondo os comentários, então se você gostaria de ver minha resposta, clique no botão "notificar-me"!
<3

Subscribe