"Che Vuoi?", o sebo mais lindo de São Paulo

10:49

Uma das coisas que mais gosto de fazer quando viajo é conhecer livrarias e sebos. Na maioria das vezes eu volto com a mala arrebentando, não consigo me controlar e deixar de comprar livros quando viajo, porque encontro por vezes coisas que nunca mais verei de novo. (nota mental: fazer post sobre um livro raro do Edgar Allan Poe que comprei na Flanarte

Sou agraciada por ter amigas que compartilham os mesmos gostos que eu e que se dedicam a me receber quando viajo e a preparar mini tours pela cidade, colocando no roteiro as livrarias mais bacanas pra visitar. Na última viagem que fiz pra São Paulo, a Michelle dedicou um dia inteiro pra bater perna comigo e juntas descobrimos um sebo na Av. Augusta, que havia inaugurado há poucos dias, mas que se tornou um momento inesquecível da viagem: o sebo "Che Vuoi?".


Conhecemos os donos que nos deixaram imensamente a vontade para mexer em todos os livros e inclusive fotografar a loja. Uma das coisas que me encantou foi o carinho e bom gosto com que decoraram o local. A escada vermelha com certeza é o ponto focal do ambiente, mas por onde a gente olha tem algo legal pra ver.



Uma coisa que me chamou atenção na decoração foi uma parede cinza repleta de ilustrações muito bonitas. Ao perguntar do dono qual a origem delas, ele nos disse que sua esposa as pintara e que elas faziam parte de um livro infantil. Fiquei apaixonada!


Acabei indo lá outra vez antes de voltar de viagem, e tive a oportunidade de conhecer pessoalmente a Anasor, autora destes belos desenhos. Conversamos durante um tempão, trouxe inúmeros livros e um quadro do Edgar Allan Poe que estava a venda. Acabamos mantendo contato por email, e a descrição que ela faz da loja é de esquentar o coração:

"Sobre o sebo, realmente queremos tornar um espaço mutante, lúdico e cultural... onde não se troque apenas papel impresso (livros) por papel impresso (dinheiro) e sim que existam outras trocas: cultura, alegria e beleza."

Acabei esquecendo de fotografar a Anasor, num daqueles raros momentos em que você se diverte tanto que esquece de fotografar, sabem? Mas pelas fotos do ambiente é possível se sentir um pouquinho lá dentro. Não perguntei a eles, mas acredito que seja feita uma espécie de curadoria de livros, pois nas duas vezes que estive lá não encontrei nenhum livro em más condições ou até mesmo "duvidosos" (auto-ajuda e best-sellers), e sim livros que parecem ter sido cuidadosamente escolhidos para fazer parte daquilo.



Caso você esteja de passagem por São Paulo e goste de livros, não deixe de visitá-los, pois é garantia de passar momentos agradáveis. O endereço é:

Sebo Che Vuoi?
Rua Augusta, 1104 - 102
Consolação São Paulo - SP


O nome "Che Vuoi? foi retirado do romance O Diabo Enamorado*, de Jacques Cazotte. Na novela, na qual tudo transcorre em clima de sonho, o diabo dirige uma pergunta ao herói, que se torna central em relação ao eixo narrativo e ao destino da personagem. A pergunta - che vuoi? (o que queres?) - serve para discutir os limites do desejo humano.


Bônus: post da Michelle sobre os sebos de São Paulo

Você também pode gostar

14 comments

  1. Fiquei encantada. Pelas fotografias se percebe a energia boa que tem o lugar e o carinho com o qual tudo foi planejado. Me sinto culpada em morar aqui em São Paulo a tanto tempo e sair tão pouco a ponto de não conhecer lugares como esse.
    Muito obrigada pela dica, Anna!

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se sinta assim, Sandila! Acho que você pode ver um local bacana por dia em São Paulo e ainda assim se sentiria mal quando alguém indicasse algum lugar que você ainda não viu. São Paulo é um lugar encantador, cheio de cultura e becos criativos por todos os lados, pra pessoas exploradoras é um deleite!

      Fico feliz que tenha sido útil a indicação, e se você for até lá me conta o que achou!

      <3

      Eliminar
  2. Que sebo mais lindo! quando for a São Paulo quero conhecer

    ResponderEliminar
  3. Ai DÉOS! Anna que delícia de post. Poxa, faz tempo que não viajo, tempo mesmo, e na realidade quando eu o faço, também tenho o costume de buscar sebos e todas as vezes que tive a oportunidade, consegui encontrar coisas únicas. Agora, este Che Vuoi é um charme :o Sem dúvidas na minha próxima visita a SP estarei passando lá dar uma espiadinha. Ah, espero que tenha sido muito proveitosa a viagem que fez :))

    Isso aí!
    xoxoxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa viagem fiz ano passado, já vai fazer um ano, e estou enrolando pra fazer este post (e alguns em decorrência dele) desde então! Sou procrastinadora por natureza. :)

      Sou uma alma que precisa viajar constantemente, buscar cultura e novos ares o tempo todo. Ainda bem de que quando em quando consigo suprir esta minha necessidade. É tão bom, né?

      Se tiver algum sebo pra me indicar também, sou toda ouvidos! Veja no link que postei como "bonus" desse post, no blog da Michelle tem outras indicações de sebos legais por São Paulo. :)

      Eliminar
  4. Eia, Anna, eu adorei esse post aqui! Vou anotar o endereço e pedir pra Bruna me levar lá quando eu for novamente a SP. Muito, muito, muito valiosa a tua dica. Quando fui a Curitiba, a Anna Schermak me levou numa livraria/editora bem intimista e MUITO lindinha, saí de lá apaixonada (ela fez um post no pausaparaumcafe.com.br).

    Mas sério, adorei esse lugarzinho, com certeza vou passar lá e contar pro dono que foi tu que indicou, aheuahehae.

    BEIJO ♥

    OBS PÚBLICA: falar do livro do Poe que vc mencionou no começo do post.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estive em Curitiba duas vezes, e nas duas consegui ir em vários sebos. A quantidade de livros antigos em alemão que vi era coisa de outro mundo! Mas isso já faz muito tempo, provavelmente a Arte e Letra nem existia! (Fui lá ver o post e fiquei toda mimizenta, já quero conhecer!)

      Sério, esse sebo e o Flanarte são sensacionais, o Flanarte tem mais títulos mas o Che Vuoi? é mais intimista e a decoração é absurda.

      Vá sim, vá sim!

      OBS: tirando fotos já pra falar do livro do Poe :)

      Eliminar
  5. Nesse lugar eu só sairia dele arrastado a força, hahahaha! Lugar tão simpático, bonito, cultural e com pessoas que tem pinta de serem maravilhosas. Uma das únicas coisas que eu não gosto da biblioteca daqui é a mulher que trabalha, que eu sinto que me rejeita como pessoa.
    As fotografias ficaram lindas!
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá pra resistir ao sorriso super afetuoso daquela última foto? Um lugar onde as pessoas tratam a gente bem é sempre um lugar pra visitar sempre!
      <3

      Eliminar
  6. poxa, no dia que eu visitar Sampa, vou passar nesse sebo :D
    achei linda a decoração...
    bj, Anna

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você também já quer uma escada vermelha pra chamar de sua? :D

      Eliminar
  7. Primeiro: Estou completamente apaixonada pelo blog! Acredita que não conhecia? Muito lindo e delicado. Parabéns.

    Segundo: EU AMO SEBOS, ME LEVA PRA SÃO PAULO!
    Aqui em Curitiba eu conheço uns bem legais, estou pensando em fazer um post com dicas também.

    Beijos!
    http://pausaparaumcafe.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Anna! Muito obrigada por fazer uma visita ao Strange and Unusual e pelos elogios.

      Eu vou adorar ler um post de dicas de sebos em Curitiba, se der pretendo ir esse ano aí, e vou arriscar pegar os biarticulados para ver esses roteiros!

      Beijos!
      A.

      Eliminar

Obrigada por ler o post até o fim! Eu sempre respondo os comentários, então se você gostaria de ver minha resposta, clique no botão "notificar-me"!
<3

Subscribe