As casas malditas de Jay Anson | Horror em Amityville e 666 no limiar do inferno

09:54

O escritor Jay Anson, nascido em Nova Iorque em 1921, ficou mundialmente conhecido pelo seu livro Horror em Amityville, que se tornou um clássico do gênero. A história, que é baseada em fatos reais, foi escrita em 1977 e traduzida para diversas línguas. Seu segundo livro foi lançado no Brasil com o nome de "666 - O Limiar do Inferno" apenas 3 anos após do sucesso anterior. Não teve a mesma receptividade do público e foi taxado de fraco. No mesmo ano de lançamento de "666" o escritor faleceu.


Horror em Amityville é considerado um dos livros mais assustadores do gênero. Conta a história de um casal que se muda para uma casa onde foram cometidos assassinatos. O autor dos crimes afirmava que vozes na casa o fizeram matar sua família. Os novos moradores passam então 28 aterradores dias na residência, até fugir em desespero.
Em "666 - o limiar do inferno", um casal volta pra casa depois de 10 dias de férias e percebe que em seu quintal há uma enorme casa que não existia antes. Ao investigar, Keith descobre que a casa havia sido transportada para lá, mas percebe também que a casa era diferente das demais. David, o amigo de sua mulher, bonitão e rico, se muda para lá para passar férias e um triângulo amoroso de inicia. Mas várias coisas estranhas acontecem com os três. 

O que os livros têm em comum? As casas de Jay Anson são sempre assombradas e afetam de forma permanente seus habitantes. Enquanto na primeira as entidades são mais abrangentes (explica-se ter sido construída sobre um antigo cemitério indígena) como fantasmas de moradores passados e espíritos dos mortos que não resolveram seus "assuntos", em "666" é como se a casa fosse o próprio trono de Satã na terra, construída com diversos instrumentos de morte de várias épocas; cômodos sextavados, luzes vermelhas que banham todos os ambientes, moedas antigas e tridentes enormes, cultos satânicos e adaptações bíblias recheiam este livro de 253 páginas. Chega a ser meio forçado, já que com tanta imagética ocultista, o livro não assuste 10% do que seu antecessor. Considero um livro fraco e só fiz questão de comprá-lo pois foi o primeiro livro de terror que li. O que faz valer a pena são as últimas páginas de extrema violência. 
Quem já leu Horror em Amityville e pretende ler 666 achando que vai levar tantos sustos quanto, pode se preparar. A glória de Jay Anson começou e terminou em 1977, e talvez grande parte dela se deva ao fato de a história em Amityville ser baseada em fatos reais. De qualquer forma, devido ao baixo custo (em média R$ 5 em sebos) recomendo que a leitura de ambos, pois são histórias curtas que lidam com o sobrenatural de maneira eficiente. 
Fiz resenha de ambos os livros no blog Dose Literária. Para ler, clique no nome do livro:

Você também pode gostar

4 comments

  1. eu li os dois [666 em pdf e ainda não possuo o livro, mas quero muito *--*]
    E Horror eu li emprestado de uma amiga, e anos depois ela me vendeu bem baratinho... :D
    amo os dois livros, mas o primeiro realmente é bem melhor...

    ResponderEliminar
  2. Se algum dia quiser vender os livros... estou aqui. =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pouquíssimo provável. Mas como eu disse no post, é bem fácil de encontrar na Estante Virtual por poucas Dilmas.

      Eliminar
  3. Eu tenho quase que certeza que a primeira temporada de American Horror Story foi inspirada no Horror em Amityville. Casas assombradas se tornaram tão constantes em filmes de terror, ou até mesmo historinhas de lenda urbana, que quase é um clichê...

    ResponderEliminar

Obrigada por ler o post até o fim! Eu sempre respondo os comentários, então se você gostaria de ver minha resposta, clique no botão "notificar-me"!
<3

Subscribe